25
Abr 20

Republica_26Abr1974_2Ed-.jpg

 

A manhã tinha acordado fresquinha.
Na rádio ouvia-se o hino nacional,
E o programa das forças armadas,
17 aninhos.
Paquete na empresa Nova idade que publicava:
O Volante
E

O Musicalíssimo
Mário Ventura Henriques, (preso em Caxias e solto pelo 25 de Abril), José Vaz Pereira, Bernardo Brito e Cunha (BBC), eram, entre outros, os “colegas”. 

Também por lá passaram, Zeca Afonso, José Saramago e Lino de Carvalho, (igualmente preso no forte de Caxias e libertado pelo 25 de Abril), no projeto de um novo jornal.

Dia 24, uma quarta-feira.
Na sede da PIDE, entregava documentos.
Dia 25, na rua da PIDE, António Maria Cardoso, as balas zumbiam no ar e assistia ao assassino de cidadãos.
No quartel do Largo do Carmo,
Ouve-se a rajada e as paredes metralhadas.
Saiu um carro preto.

Sai uma autometralhadora.
Rende-se Marcelo Caetano a Salgueiro Maia.
Nos dias seguintes era a festa.
Desse dia ficou a lembrança. 
Uma foto no jornal República e um capacete de ferro do assalto a uma delegação da Legião Portuguesa no Bairro Alto.

 

publicado por José Pereira Malveiro às 23:11

Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17

20
21
22
23
24

27
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO