25
Mar 23

 

         Num post anterior, de 30/5/2021, mencionou-se a eventualidade de o local conhecido por Curral dos Bois, na junção da rua Nova e Rua Direita, junto à estrada das Amoreiras, correspondesse ao curral concelhio de que falam as fontes.

       A descrição das confrontações deste Curral no Livro do Tombo do Concelho de Garvão, de 1826, não nos permite, pelo menos nesta fase do conhecimento, afirmar que o mencionado Curral dos Bois corresponda ao local conhecido por Curral dos Bois.

      Segue abaixo a respectiva descrição, como se encontra no Livro do Tombo.

 

Fólio 28          

Auto de Vistoria, Medição, Confrontação e

Tombação do Curral do Concelho

 

(…) que consta de terra própria para sementeira toda morada de pedra

e barro, que nelle serve para se guardarem os gados encoimados; (…)

(…) que o dito curral parte do Norte com quintal do Lagar de Cera

de Maria de jesus; do Nascente, e Sul com estradas, e do Poente

com Cerca de Diogo Mendes Lopes d´Azevedo, (…)

(…) que tem de comprimento do Norte ao Sul trinta e huma varas, na cabeceira

do Norte vinte e huma e meia e na do Sul vinte e seis varas (…) [1] 

 

[1] O sistema craveiro adoptado em Portugal pela formação da nacionalidade, foi usado até vingar o sistema métrico decimal, na segunda metade do século XIX. A vara de craveira era uma antiga medida linear equivalente a cerca de 1,1 metro, embora na idade média esta medida variasse de concelho para concelho.

publicado por José Pereira Malveiro às 14:45

Março 2023
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO